Notícias da TV, Novelas, Segunda Tela e muito mais!

Geraldo Luís entrevista Adele Fátima, ex-musa de Sargentelli que fez sucesso nos anos 1970 e 1980

Atriz dá detalhes sobre polêmico noivado com o cantor Julio Iglesias e conta por que foi cortada do filme 007 após gravar com Roger Moore

(Foto: Divulgação)

No Domingo Show (1), Geraldo Luís vai até o Rio de Janeiro para entrevistar a atriz e modelo Adele Fátima, ícone dos anos 1970 e 1980 que encantou o Brasil ao ser uma das mulatas dos famosos shows de Sargentelli. Na mesma época, protagonizou um famoso comercial para uma marca de sardinhas que a lançou internacionalmente. Depois disso, ela foi convidada para ensaios sensuais e inspirou Oscar Niemeyer a projetar as curvas da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, e se tornou a primeira rainha de bateria do Carnaval pela escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel.

Depois de anos longe da mídia, a atriz fala com exclusividade para o programa sobre sua história e carreira. “Me ofereceram o mundo”, confessa, ao relembrar o auge da fama e do sucesso.

Ela ainda abre o jogo sobre o fato de ter sido escolhida para viver o par do agente secreto James Bond nos cinemas. Na época, o papel era interpretado pelo galã Roger Moore. Eles chegaram a filmar juntos, mas suas cenas foram cortadas. A musa da pornochanchada ainda desabafa sobre o polêmico noivado que teve com o cantor Julio Iglesias, astro da música internacional. “Ele era ciumento”, diz ela.

Ao longo da reportagem, Adele mostra o apartamento em que vive atualmente ao lado do marido, no Rio de Janeiro. A artista também encontrará pessoas que a ajudaram na carreira.

O Domingo Show é apresentado por Geraldo Luís e vai ao ar a partir das 13h, com direção geral de Rafael Perantunes e direção executiva de Rafael Boucinha.

Quer receber nossas atualizações em seu dispositivo? Inscreva-se agora.

Comentários
Comentários Carregando

Send this to a friend