Notícias da TV, Novelas, Segunda Tela e muito mais!

“Tomb Raider: A Origem” é uma boa dica, para quem procura um filme de ação

Numa ilha japonesa tenebrosa e isolada do mundo, ela chega para desvendar o desaparecimento de seu pai, mas acaba encontrando uma luta pela sua sobrevivência. Caindo de um penhasco em meio à uma cachoeira, perseguida por terroristas à mão armada, é nessa vibe ousada que chegou às telonas no dia 15 de março, “Tomb Raider: A Origem”, o novo filme de Lara Croft, a nossa guerreirinha favorita dos clássicos games de ação.

Não sou um expert em jogos, mas é impossível até mesmo um leigo como eu, não se empolgar com esse novo filme. Em tudo, é superior daquela versão com Angelina Jolie em 2001, que se for fazer comparações: de 10 a 0 para o de 2018. Diferente do antigo, esse se leva a sério, traz um enredo simples, mas interessante. Sabendo conciliar ação, aventura e drama num mesmo pacote. Não é o filme perfeito, mas tem seus acertos e erros.

Segue a premissa e dinâmica do jogo de mesmo nome lançado em 2013. Todas as fases e desafios do game, você encontra no filme, bem feitas e dirigidas. A nostalgia vai bater para os fãs, é meio que um fã-service, sem a intenção. O diretor norueguês Roar Uthaug faz um bom trabalho de acabamento, principalmente nos planos sequências em que o objetivo é mostrar toda a capacidade da protagonista, em escapar daquela situação não muito confortável. Em dado momento, pelas jogadas de câmera você até se ver no próprio jogo (ou filme). Momentos caustrofóficos, agoniantes e por aí vai. Passei o filme todo nervoso, acho que era o objetivo para o alcance do que ele se promete.

O elenco é bom, mas Alicia Vikander rouba todas as atenções para si. A atriz sueca que já brilhou em longas como “Ex Machina” (2015) e “A Garota Dinamarquesa” (2016), nesse último, vencedora do Oscar 2016 de melhor atriz, é nitidamente uma verdadeira guerreira. Ela passa pro espectador, já nos primeiros minutos de filme uma certa empatia. dessa vez, Lara é uma personagem complexa e humanizada, tem seus dilemas e dramas de vida. Temos a oportunidade de conhecer melhor uma personagem até então, que nunca foi explorada de tal forma para o cinema. É a estrela do filme, sem dúvidas.
Outro ponto alto e importante ressaltar sobre a protagonista, é que neste filme, não se tem uma apelação à sua sexualidade. Tantos são exemplos de vulgaridade em ter que mostrar partes do corpo de uma mulher, a própria versão chinfrim com a Jolie é vulgar e por nesse sentido, uma dinâmica que não se tem nada a ver e entra em contradição à sua premissa. Aqui, isso não acontece. O filme foca nela como um guerreira que é, apenas. Algo que eu achei sensacional e de se aplaudir, independente de quem se partiu essa ideia.

Assista ao trailer:

Mas, o roteiro desanda com a história que podia ir além. O primeiro ato de apresentação é bom, mas a partir da metade do filme, você encontra um elenco secundário que tu nem se importa. Personagens caricatos e pouco aproveitados, parece quem escreveu ficou com preguiça de um desenvolvimento melhor. O vilão do Walton Goggins não tem nem uma motivação que preste, o ator é bom, mas é aquele tipo que “sou mal e pronto, não importa mais nada”. Mesma situação de Dominic West, o Sr. Croft que convenhamos, nem precisava ter ressuscitado para fazer uma ponta tão previsível. Já Daniel Wu é Lu Ren, o companheiro de viagem dela até a ilha, um bom personagem que se tivesse sido mais aproveitado, daria um ótimo reforço a história.

No final, dá a entender que haverá continuação. Eu comemoro, é difícil termos boas adaptações de games para o cinema, quando temos, tem que se produzir mais. Se fala numa trilogia … se será com a Vikander não sei. Mas ela foi o alicerce desse filme, segurou a banca sozinha. Vá conferir, mesmo com os percalços, é um bom entretenimento para quem busca uma boa dica de ação. Eu curti.

As opiniões contidas nesta coluna são de responsabilidade do autor e não corresponde, obrigatoriamente, a linha editorial do Portal Alta Definição.

Quer receber nossas atualizações em seu dispositivo? Inscreva-se agora.

Relacionados
Comentários
Comentários Carregando

Send this to a friend